segunda-feira, 8 de dezembro de 2008

Quedas de Fervença em Santo Tirso

Devido à sua beleza, não resisti a filmar o rio Leça nas Quedas de Fervença. Só por si, merecem uma visita. A nossa visita decorreu do Passeio Convívio de Natal em Santo Tirso, mas antes, membros dos Solas Rotas (SR) já lá estiveram em Histórico Pré-Industrial em Santo Tirso.

O passeio começou praticamente com a subida junto às Quedas de Fervença. Quando chegamos ao sopé, a vista era magnifica. Tirei algumas fotos, mas agora arrependo-me de não fazer um curto filme. Continuamos a subir...

video
Subimos com cuidado pois o terreno é muito escorregadio, e sensivelmente a meio das quedas, surge este curto filme. O som da água é avassalador, o seu volume é desmultiplicado pela proporção da chuva que caí, a sua cor não é límpida, mas não é poluição, é a terra a ser arrastada. A ponte ninguém se atreveu a cruzar, demasiado perigoso. O enlace é uma vista sobre o seu sopé, o humano serve de referência à sua grandiosidade. Se olharmos lá para o fundo, a água ainda continua a correr. Continuamos a subir...

video
Enquanto se discutia se a ponte em tábua era ou não susceptível de quebrar, de uma das partes com conhecimento de causa, captei este curto vídeo. Ao longe, passos se afastam, outros esperam por nós, com solas rotas com certeza, eu, giro sobre mim quase 225º. Ao rodar, as cores vivas da época de Outono encontram-se realçadas com a chuva que tinha caído, no final, um momento de contemplação. Bonito.

Boa(s) Caminha(das)

2 comentários:

  1. conheço alguns cursos de agua de grande beleza esse é um dos mais belos devido aos seus rápidos, tem uma queda de agua fantástica,fui la dias vezes e volto amanha a noite para fazer fotos de longa exposição .pena não
    conhecer bem o trilho .

    ResponderEliminar
  2. Alguém pode dizer-me como ir às Quedas da Fervença? Obrigada!

    ResponderEliminar