segunda-feira, 25 de maio de 2015

Extra: Ecovia Viana do Castelo - Ponte da Barca (Dia 2) à Lupa

Dia 3, Domingo, prontos para a continuação... mais 18km

S. Pedro, desta vez, "carregou" ainda mais, mas os solas, não são de desistir, e à hora lá partimos, prontos para a "molha".

Depois de barrigas cheias, logística arrumada, pés ao caminho, retomando onde no dia anterior tínhamos acabado (Capela N. Sra. Guia), lá passamos a famosa avenida dos Plátanos, em Ponte de Lima, com o cenário de fundo bem característico que dá jus ao nome da vila, a ponte.



Antes de sairmos da vila, tempo para uma pequena paragem....ou média paragem porque a maquina instantânea da cidade onde supostamente queríamos tirar uma foto para a posteridade...tivemos que tirar 2, porque a primeira ficou "tremida" quando um elemento do grupo resolveu entrar de "carrinho", tentando fazer um "strike" aos outros.

Recompostos, entramos pela "floresta" dentro uma vez mais, sempre ao lado do rio, junto à capela de S. João.



Entre passadiços e caminhos os primeiros kms, foram feitos em alta velocidade, mesmo assim, as cores, o caminho a paisagem, fez que os "clickeiros" puxassem das suas máquinas para registar este momento, arriscando danificar as mesmas.

Depois de passarmos a área de lazer da Gemieira, encontramos um dos pontos mais altos deste caminho, os Moinhos da Gemieira. Aqui aproveitamos para fazer a pausa para almoço, abrigados graças à boa vontade do proprietário do café, que nos deixou comer no alpendre.







Coincidência ou não, mas depois de barriga cheia, o S. Pedro deu-nos uma pequena trégua, assim aproveitamos para tirar a foto de grupo, com um "rap" à mistura.





Como nem tudo é um mar de rosas, e já sem chuva....outra surpresa estava reservada.....o rio subiu e na área de lazer de Gandra, fomos ao banho (alguns), no caminho havia....rio, o que nos levou a entrar em água quase pelos joelhos.



Já em contagem decrescente, depois de apreciarmos, pelo caminho, vários açudes, praias fluviais, campos floridos, chegamos a outro ponto interessante, a junção do rio Vez ao Lima, que vá uma paisagem deslumbrante.





Passamos ainda pela área de lazer e o mosteiro de Bravães e a Fonte Santa, que de santa só o nome, porque a água cheira tão mal e tem uma cor...estranha, que ao chegarmos até ela perdemos a vontade de beber...já para não falarmos que já é um milagre percorrermos os 30 metros do caminho à fonte sem nos "estatelarmos" (bastante escorregadio).



Chegamos a Ponte de Barca por volta das 16h, e tal como Ponte de Lima...mais uma ponte, mais uma historia, mais uma riqueza.

Frase do dia: "Chove tanto, que até os cães bebem de pé"

Com uma certeza, voltaremos a percorrer esta ecovia,

MAPATRILHOELEVAÇÃO
PARTIDALOCALGPSKMGRAUMAPA
2015.05.03
10:00
Capela de N. Sra. da GuiaN 41º 45' 44''
O 8º 35' 31''
18AcessívelLink
MAIS INFORMAÇÕES
Percurso: Ecovia Ponte de Lima - Ponte da Barca
Local: Ponte de Lima
Partida/Chegada: Capela de N. Sra. da Guia
Estacionamento: Sim
Rede Telemóvel: Sim
Âmbito: Paisagístico, Cultural
Tipo: Linear
Sinalização: Baixa
Pontos Água: 3
Exposição Vento/Solar: Média
Almoço: Volante
Regras: Ler Aqui
Sugerido: Solas Rotas
Ponto Encontro: Capela de N. Sra. da Guia
Participantes: Sérgio, Victor, Catarina, Ana, Fernando, Mário, Manuel, Conceição, João, Ricardo (20 solas)
Pontos de Interesse: Capela de N. Sra. da Guia, Rio Lima, Moinhos Gemieira, Fonte Santa, Ponte da Barca
Dicas: Água; Protector Solar, Roupa adequada às condições atmosféricas; Botas
Reconhecimento: Victor Parente
Outras informações: Câmara Municipal de Ponte da Barca, EcoviaCâmara Municipal de Ponte de Lima

Sem comentários:

Publicar um comentário