segunda-feira, 23 de outubro de 2017

90ª Caminhada: Trilho Fisgas de Ermelo à Lupa

Em pleno outono, mas com clima de verão visitou-se a serra do Alvão, cheios de ansiedade para chegar às fisgas de Ermelo.
Partindo da povoação de Ermelo, onde as casas de xisto e lousa embelezam a paisagem da aldeia, iniciou-se o percurso com uma pequena descida que nos levou a uma bela ponte de madeira até à ribeira de Fervença. Aqui sentiu-se a frescura da água e contemplou-se a vegetação em volta da mesma. Seguiu-se uma enorme subida em terreno rochoso que permitiu admirar a beleza das paisagens da serra do Alvão, assim como observar pequenas casas isoladas espalhadas pela serra. No caminho cruzamos-nos com o pastor da serra que cheio de felicidade levava as suas cabras pelo trilho e também se contemplou a montanha rochosa até ao ponto mais esperado, o miradouro das Fisgas de Ermelo. Momento registado com uma foto de grupo que mostra toda a beleza do local, a queda de água assim como a lagoa enorme. Continua-se o percurso até às lagoas mais pequenas (piocas de cima), mas não menos belas tanto pela cascata como também por todas as pequenas lagoas espalhadas no percurso. Chegados à aldeia, deliciamos-nos com o almoço no único café da aldeia, onde fomos atenciosamente atendidos. O trilho continua, atravessando-se a ponte do rio OLO e seguindo pela floresta até se poder contemplar as escarpas da montanha e alcançar novo miradouro das fisgas de Ermelo. Com o calor a apertar começou-se a descer o caminho empedrado até chegar novamente à aldeia de Ermelo, onde a água fresca das fontes permitiu acalmar todo o calor que se fazia sentir.

Este é um trilho que permite contemplar a beleza natural da serra do Alvão, com subidas e descidas acentuadas que revelam como a natureza nos surpreende.

Descrição: Carla Mendes SR175














MAPATRILHOELEVAÇÃO
http://www.manteigastrilhosverdes.com/uploads/pr_5_mtg_por_v2.pdf
PARTICIPANTES CONFIRMADOS FINAL (15 OUT - 19h)
Sérgio, Victor, Mário, Ricardo, Manuel, Deolinda, PaulaAntónio, Daniel, Sílvia, António, Sérgio, Alexandra, JoãoStelaAlberto, Carla, Cláudia, PedroJuliana, Raquel, Bernardo, Susana, Luísa, Agostinha, ManuelArmandoArturDaniel
( 58 / 90 )
PARTIDALOCALGPSKMGRAUMAPA
2017.10.15
09:30
Igreja Paroquial Ermelo

41º 21' 29.9''N 7º 53' 23.6''W
41.358310, -7.889878

 14Médio/AltoLink

MAIS INFORMAÇÕES
Percurso: Trilho Fisgas de Ermelo
Local: Parque Natural Alvão
Partida/Chegada: Aldeia Ermelo (Mondim de Basto)
Estacionamento: Sim 
Rede Telemóvel: Sim
Âmbito: Paisagístico, Cultural, Ambiental
Tipo: Circular
Sinalização: Boa
Pontos Água:  Aldeias
Exposição Vento/Solar: Alta
Almoço: Volante
Regras: Ler Aqui
Sugerido: Solas Rotas
Ponto Encontro: Igreja Paroquial de Ermelo
Pontos de Interesse: Aldeia de Ermelo, Varzigueto; Piocas de Cima e Baixo; Miradouro das Fisgas de Ermelo, Panorâmicas do Alvão, Rio Olo
Dicas: Água, Roupa adequada às condições atmosféricas; Botas; Bastão, Chapéu, Protector Solar
Reconhecimento: Sem reconhecimento
Outras informações: Mondim de BastoParque Natural do AlvãoBastoMove.te
Nota: Aquando a realização do trilho, não detectamos nenhuma parte queimada significante.
Apoio: Existe cafés, tanto em Ermelo como Varzigueto.

domingo, 15 de outubro de 2017

90ª Caminhada: Trilho Fisgas de Ermelo no Wikiloc

Wikiloc é um lugar para descobrir e partilhar as melhores trilhas ao ar livre a pé, de bicicleta e muitas outras atividades. Pode visitar o trilho na página Solas Rotas no Wikiloc, para fazer download (gpx, kml) do mesmo pode-se registar é totalmente gratuito.

Clique na imagem
Visite a página do Solas Rotas no Wikiloc

90ª Caminhada: Trilho Fisgas de Ermelo a Foto de Grupo

terça-feira, 10 de outubro de 2017

90ª Caminhada: Trilho Fisgas de Ermelo em Anúncio

ÚLTIMA HORA (13 OUT/ 18H): CAMINHADA CONFIRMADA
- INSCRIÇÕES FECHADAS
- Caminhada Média/Alta (+/-12,5km) 
- Devido ao escasso estacionamento, o local escolhido (GPS) não corresponde onde iremos iniciar a caminhada.
- Aconselha-se o uso de botas, água, roupa adequada às condições atmosféricas 
- Em caso de calor, bastante água, chapéu, e protetor 
- Caminhada só se realizará se na sexta-feira anterior não houver previsão de chuva
- Caminhada sem reconhecimento, preparados para tudo
Fonte: aprendizagensnanet.blogspot.com





Novembro, Parque Natural do Alvão

Estamos de volta!!!!! às Fisgas.

Desta vez, iremos realizar o PR3 Fisgas de Ermelo, começando na aldeia de Ermelo, junto à Igreja Paroquial.

Sairemos da aldeia em direção à ribeira de Fervença, depois de atravessarmos a mesma, seguiremos rumo a Varzigueto, uma extensa subida, compensada pelas panorâmicas do Alvão e as Quedas das Fisgas de Ermelo, infelizmente nesta altura, o rio Olo deverá vir quase vazio, mesmo assim, é possível fazermos uma "escapadinha" e visitar as "Piocas de Cima" (pequenas lagoas de aguas cristalinas).

Deixando a aldeia, atravessamos pela ponte o rio Olo, e seguiremos por um caminho florestal até ao Miradouro das Fisgas de Ermelo, serão muitas as panorâmicas deste excelente lugar, mas igualmente perigoso.

Descendo agora em direção a Ermelo, podemos fazer novo desvio e visitar as "Piocas de Baixo".

Após atravessarmos a ponto da Abelheira, subimos novamente rumo a Ermelo, onde iremos passar por locais rurais, em construções de Xistos e Lousas, típicos de montanha.

Trata-se de um trilho médio/alto, com grandes desníveis , tendo como pontos de interesses Aldeias de Ermelo, e Varzigueto; Piocas de Cima e Baixo; Miradouro das Figas de Ermelo, Panorâmicas do Alvão, Rio Olo.

Todos aqueles que desejarem aceitar esta sugestão, devem preencher o formulário (ver mais abaixo), apenas depois das 21:00 da 4ª feira anterior ao dia da caminhada e até às 18:00 de 6ª feira.

FORMULÁRIO
Se faz intenção de nos acompanhar, preencha o seguinte FORMULÁRIO (limite de 90 solas)
apenas depois das 21:00 da 4ª feira anterior ao dia da caminhada e até às 18:00 de 6ª feira
---- gratuito, mas a caminhada não inclui seguro ---
PARTICIPANTES CONFIRMADOS FINAL (12 OUT/23H)
Sérgio, Victor, Mário, Ricardo, Lídia, Rui, Manuel, Deolinda, Paula, António, Daniel, Sílvia, António, Sérgio, Alexandra, João, Stela, Alberto, Carla, Cláudia, Pedro, Juliana, Joana,  Raquel, Bernardo, Susana, Alexandrina, Luísa, Agostinha, Manuel, Armando, Artur, Daniel, Teresa, José Carlos, Maria, ...
(76 / 90)
PARTIDALOCALGPSKMGRAUMAPA
2017.10.15
09:30
Igreja Paroquial Ermelo41º 21' 29.9''N 7º 53' 23.6''W
41.358310, -7.889878
12,5Médio/AltoLink
MAIS INFORMAÇÕES
Percurso: Trilho Fisgas de Ermelo
Local: Parque Natural Alvão
Partida/Chegada: Aldeia Ermelo (Mondim de Basto)
Estacionamento: Sim (pouco)
Rede Telemóvel: ?
Âmbito: Paisagístico, Cultural, Ambiental
Tipo: Circular
Sinalização: Boa
Pontos Água:  Aldeias
Exposição Vento/Solar: Alta
Almoço: Volante
Regras: Ler Aqui
Sugerido: Solas Rotas
Pontos de Interesse: Aldeia de Ermelo, Varzigueto; Piocas de Cima e Baixo; Miradouro das Fisgas de Ermelo, Panorâmicas do Alvão, Rio Olo
Dicas: Água, Roupa adequada às condições atmosféricas; Botas; Bastão, Chapéu, Protector Solar
Reconhecimento: Sem reconhecimento
Outras informações: Mondim de Basto; Parque Natural do Alvão; BastoMove.te
Nota: Queremos chamar a Vossa atenção, que devido aos fortes incêndios ocorridos este ano, poderá haver a possibilidade de passarmos alguma parte do trilho afectada.
AVISO IMPORTANTE: A caminhada não inclui seguro




sábado, 30 de setembro de 2017

89ª Caminhada: Trilho São Lourenço à Lupa

E foi na Aldeia do Pombal, que iniciamos a nossa temporada 2017/18, o ponto encontro que seria às 09:30 no largo da Igreja S. Lourenço de Pombal, foi um pouco mais cedo... mas no café da aldeia.

Depois dos tradicionais cafés e...idas à casa de banho, lá nos concentramos e partimos à descoberta do trilho.

Nesta primeira fase, e em direcção ao miradouro da Calçada de S. Lourenço, é feito num trilho de terra batida, onde se poderá apreciar a aldeia de Pombal de cima, chegados ao miradouro, temos o primeiro impacto com o rio Tua, no seu vale.

Daqui entramos num percurso descendente (e bem inclinado) por uma velha calçada que finda já no lugar de S. Lourenço, lugar este conhecido pelas suas águas termais, quentes e sulfurosas e com um cheiro intenso a enxofre, o qual ainda foi possível visitar o antigo balneário (quase em ruínas). Fica a imagem de "utente" a banhar-se no tanque ser "flashado" por 30 paparazis....daí o comentário da mulher "não ponham o meu marido no facebook"

O próximo ponto de visita foi a antiga estação S. Lourenço, onde agora existe um pequeno cais de embarque, "povoado" por pescadores locais, e foi um destes pescadores locais (ou não), que nos disse que poderíamos seguir pelo antigo caminho (linha) até Santa Luzia....ainda tentamos....a sério que tentamos mas depois de uns 100mt....o caminho submergiu...e nem as "palhinhas" nos salvavam.

De volta ao trilho, subimos todo o lugar, com panorâmicas excelentes, mas a tristeza do abandono do lugar, com casas em ruínas, e devolutas.

Ao km 8, questionamos se iríamos ou não ao ponto 6, estação de Santa Luzia, agora totalmente submersa, fizemos 1,2 km (ida e volta) para nada...nada não...porque resolvemos almoçar por lá
Onde alguém foi brindado por uma "pinçada" do lagostim....e a sorte dele foi tentar afogar o lagostim...senão lá ia o dedo.
Se fosse agora...não íamos.

Barrigas cheias, toca a subir, agora a parte mais "custosa" do trilho, uma subida bem "puxadinha", e com os termómetros a bater nos 27 graus, sem sombras, uma pequena paragem no miradouro de Barrabáz, para mirar a paisagem, agora uma pequena amostra de vinhas (sem uvas) e com o Tua como imagem de fundo.

Quando atingimos o topo, entramos novamente na Aldeia de Pombal, onde percorremos as suas ruas, até ao ponto inicial.

No final e depois de "matar" a sede, foi tempo de entregar o nosso "bonequinho" aos três novos membros SR, Manuel, Luísa, Agostinha

Antes de finalizarmos a nossa descrição, queríamos agradecer a amabilidade dos habitantes da aldeia (Pombal), especialmente a Presidente da Junta (D. Fernanda), que esteve connosco no inicio e no fim do trilho.

Sérgio Sousa SR










MAPATRILHOELEVAÇÃO
http://www.manteigastrilhosverdes.com/uploads/pr_5_mtg_por_v2.pdf

PARTICIPANTES CONFIRMADOS FINAL (24 SET - 19h)
Sérgio, Mário, Carlos, Raquel, Carla, António, PaulaAntónio Peixoto, Mário, LuísaAgostinhaManuel, Sérgio, Rui, StelaAlbertoManuelMaria, Sara, Sandrine, Victor, Catarina, Gabriel, Daniel, SílviaSusana, Alexandrina, Cristina, Sandra, Leonel
( 60 / 90 )
PARTIDALOCALGPSKMGRAUMAPA
2017.09.24
09:30
Igreja S. Lourenço de Pombal

41°17'07"N 7°21'29"W
41.285278, -7.358056

 12Médio/AltoLink
MAIS INFORMAÇÕES
Percurso: Trilho São Lourenço
Local: Parque Natural Regional Vale do Tua
Partida/Chegada: Pombal, Carrazeda de Ansiães
Estacionamento: Sim
Rede Telemóvel: Fraca
Âmbito: Paisagístico, Cultural, Ambiental
Tipo: Circular
Sinalização: Boa
Pontos Água:  Aldeias
Exposição Vento/Solar: Alta
Almoço: Volante
Regras: Ler Aqui
Sugerido: Solas Rotas
Ponto Encontro: Igreja S. Lourenço de Pombal
Pontos de Interesse: Rio Tua, Miradouro S. Lourenço, Miradouro Barrabáz, Aldeia de S. Lourenço, Antigas Estações S. Lourenço e Santa Luzia
Dicas: Água, Roupa adequada às condições atmosféricas; Botas; Bastão, Chapéu, Protector Solar
Reconhecimento: Sem reconhecimento
Outras informações: Carrazeda de AnsiãesParque Vale do Tua
Nota: Sem partes queimadas no trilho; Bastante exposto

segunda-feira, 25 de setembro de 2017

Novos Membros Solas Rotas

O grupo Solas Rotas tem agora mais 1 novo distinto membro: Agostinha



Para ser Membro do Solas Rotas, apenas tem que participar em pelo menos 6 caminhadas organizadas pelo grupo. Neste caso, é endereçado um convite informal ao participante para se juntar ao grupo e se aceitar será considerado como um novo membro.

Os membros têm caminhadas gratuitas ilimitadas para o resto da vida*.

Esperamos sempre por si.

* Excepto deslocação até ao inicio da caminhada.

Novos Membros Solas Rotas

O grupo Solas Rotas tem agora mais 1 novo distinto membro: Luísa



Para ser Membro do Solas Rotas, apenas tem que participar em pelo menos 6 caminhadas organizadas pelo grupo. Neste caso, é endereçado um convite informal ao participante para se juntar ao grupo e se aceitar será considerado como um novo membro.

Os membros têm caminhadas gratuitas ilimitadas para o resto da vida*.

Esperamos sempre por si.

* Excepto deslocação até ao inicio da caminhada.

Novos Membros Solas Rotas

O grupo Solas Rotas tem agora mais 1 novo distinto membro: Manuel



Para ser Membro do Solas Rotas, apenas tem que participar em pelo menos 6 caminhadas organizadas pelo grupo. Neste caso, é endereçado um convite informal ao participante para se juntar ao grupo e se aceitar será considerado como um novo membro.

Os membros têm caminhadas gratuitas ilimitadas para o resto da vida*.

Esperamos sempre por si.

* Excepto deslocação até ao inicio da caminhada.

89ª Caminhada: Trilho de São Lourenço no Wikiloc

Wikiloc é um lugar para descobrir e partilhar as melhores trilhas ao ar livre a pé, de bicicleta e muitas outras atividades. Pode visitar o trilho na página Solas Rotas no Wikiloc, para fazer download (gpx, kml) do mesmo pode-se registar é totalmente gratuito.

Clique na imagem
Visite a página do Solas Rotas no Wikiloc

89ª Caminhada: Trilho de São Lourenço a Foto de Grupo